Mulher que levou 18 facadas do ex-companheiro morre em hospital de Viamão

Suspeito foi preso em flagrante e teve a prisão convertida para preventiva. Segundo as autoridades, ele foi indiciado por tentativa de feminicídio, mas responderá, agora, por feminicídio consumado.

Por G1 RS 

Vítima já havia registrado boletim de ocorrência contra o agressor, em Viamão — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Vítima já havia registrado boletim de ocorrência contra o agressor, em Viamão — Foto: Divulgação/Polícia Civil

A mulher, de 38 anos, que havia levado 18 facadas do ex-companheiro e estava em estado gravíssimo na UTI, morreu na noite de quinta-feira (28). A vítima estava internada no hospital de Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre, desde o 23 de outubro.

O suspeito, de 43, foi preso em flagrante no dia do crime, e teve a prisão convertida em preventiva. Ele foi indiciado por feminicídio tentado. Conforme a delegada Jeiselaure de Souza, a polícia vai comunicar ao juiz sobre a morte da mulher para que o homem responda por feminicídio consumado.

De acordo com a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Viamão, a vítima já havia feito pelo menos três registros de ocorrências por violência doméstica contra o ex-companheiro entre 2015 e 2018.

Na época do crime, o casal estaria separado há cerca de um mês. Segundo a polícia, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento. Ao saber que a vítima tinha um novo namorado, ele teria invadido a casa e atacado a mulher.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.