Mensagem do dia – Meio termo

m000443277Certo dia, alguns candidatos a discípulos procuraram o Mullá e pediram-lhe que lhes fizesse uma palestra.

— “Muito bem” — disse ele —, “sigam-me até o salão, do outro lado da praça, onde existe espaço para eu falar a todos vocês.”.

Obedientes, eles se alinharam atrás de Nasrudin, que montou no burro às avessas, e começou a afastar-se.

A princípio, os jovens se sentiram confusos, depois se lembraram de que não deviam contestar o menor gesto do Mullá. Finalmente, reconheceram-se incapazes de suportar por mais tempo as zombarias dos transeuntes.

Percebendo-lhes o embaraço, o Mullá se deteve e olhou-os fixamente. O mais atrevido dentre os rapazes aproximou-se:

— “Mulla, não compreendemos direito por que o senhor montou nesse burro às avessas.”

— “É muito simples” — replicou o Mullá. — “Vejam bem, se vocês andassem à minha frente, seria uma desconsideração a mim. Por outro lado, e se eu lhes desse as costas, seria uma desconsideração a vocês. Esse é o único meio-termo possível”.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.