Jornada Nacional de Literatura é cancelada pela Universidade de Passo Fundo por falta de recursos

Evento estava programado para ocorrer em março de 2020. Além da 17ª edição da Jornada, UPF promoveria a 9ª edição da Jornadinha Nacional de Literatura.

Por G1 RS

Tradicional evento estava em sua 17ª edição; em 2015, jornada foi sucesso de público — Foto: Jornada Nacional de Literatura/Divulgação
Tradicional evento estava em sua 17ª edição; em 2015, jornada foi sucesso de público — Foto: Jornada Nacional de Literatura/Divulgação

A 17ª Jornada Nacional de Literatura e a 9ª Jornadinha Nacional de Literatura, programadas para ocorrer em março de 2020, foram canceladas pela Universidade de Passo Fundo (UPF). Os eventos, que haviam sido adiados em julho deste ano, foram suspensos por falta de recursos financeiros.

A universidade isentou a prefeitura e os governos estadual e federal de responsabilidade por não ter conseguido captar recursos via leis de incentivo e patrocínios.

Em 2015, a jornada também não ocorreu, e pelo mesmo motivo: falta de verba. Dois anos depois, a cidade teve a 16ª edição viabilizada por recursos do antigo Ministério da Cultura. Criada em 1981, a jornada é bienal – realizada a cada dois anos.

Em nota, a UPF afirmou que “prima pelo compromisso em trabalhar em prol da educação, da cultura e do desenvolvimento da comunidade” e que trabalha pela “formação de leitores, desenvolvendo ações permanentes de incentivo à leitura e à literatura em multiplataformas, com seus diferentes públicos”.

A universidade acrescentou que deve manter o projeto das Jornadas Literárias como uma movimentação cultural permanente de formação leitora, embora sem o grande encontro entre autores e leitores. “Essa é a nossa missão e o nosso compromisso pelo desenvolvimento de uma sociedade leitora”, conclui, em nota, a UPF.

Leia o comunicado na íntegra:

A Universidade de Passo Fundo (UPF) reafirma que, historicamente, prima pelo compromisso em trabalhar em prol da educação, da cultura e do desenvolvimento da comunidade. Nesse cenário, dedica-se incansavelmente à formação de leitores, desenvolvendo ações permanentes de incentivo à leitura e à literatura em multiplataformas, com seus diferentes públicos.

Em razão disso, a Instituição empenhou seus mais dedicados esforços no sentido de viabilizar a realização de mais uma edição das Jornadas e das Jornadinhas Nacionais de Literatura, no entanto, embora tenha contado com a presteza e a sensibilidade dos governos Municipal, Estadual e Federal, as captações de recursos financeiros, via lei de incentivo e patrocínios, não foram favoráveis à realização dessa importante manifestação cultural. Esse cenário levou ao necessário cancelamento da 17ª Jornada Nacional de Literatura e da 9ª edição da Jornadinha Nacional de Literatura, programadas para março de 2020.

A UPF destaca que o projeto das Jornadas Literárias continua, como uma movimentação cultural permanente de formação leitora. Embora não seja possível o grande encontro entre autores e leitores no complexo das Jornadas, estão sendo planejadas para 2020 iniciativas e ações de forte adesão comunitária e escolar para o objetivo maior da Capital Nacional da Literatura, qual seja, formar leitores autônomos, críticos e esteticamente sensíveis, pois essa é a nossa missão e o nosso compromisso pelo desenvolvimento de uma sociedade leitora.

Link da notícia: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2019/12/03/jornada-nacional-de-literatura-e-cancelada-pela-universidade-de-passo-fundo-por-falta-de-recursos.ghtml

Fonte/Reprodução: G1RS

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.