Inter observa fase prévia da Libertadores e se prepara para catimba de adversários

Edenilson recordou dificuldade na classificação do Atlético-MG diante do Danubio

Edenilson pediu um Inter com raça no começo da Libertadores

Edenilson pediu um Inter com raça no começo da Libertadores 

Enquanto quatro times duelam por uma vaga no grupo do Inter na Libertadores – a estreia colorada será justamente contra quem sair das fases prévias –, a equipe disputa o Gauchão e agora tem o meio de semana livre para treinos. Assim, Odair Hellmann trabalha as tão faladas variações táticas que pretende ter à mão durante a temporada, e os jogadores aproveitam para observar o início da competição internacional. Da mesma forma que Cuesta na semana passada, nessa quarta-feira Edenilson demonstrou que o grupo está ligado.

“É uma competição totalmente diferente. Tenho acompanhado, porque a gente sempre aprende alguma coisa assistindo”, afirmou. Segundo o volante colorado, a questão vai além do futebol: “O Atlético passou com bastante dificuldade. Não tem time pequeno na Libertadores. Tem que pensar jogo a jogo e colocar raça, porque os times que vêm de fora, vem para catimbar, para não deixar jogar. E no jogo fora, temos que fazer igual a eles”.

Edenilson é um dos fiadores do novo esquema utilizado por Odair, o 4-2-3-1. Além de se responsabilizar pela marcação no meio-campo, junto com Rodrigo Dourado, ainda aproveita o espaço para ser decisivo na frente, como no jogo contra o Juventude, quando pifou Nico López no primeiro gol. “A gente fica mais ofensivo, mais agudo, porque geralmente entra um atacante ou meia-atacante”, analisa, repetindo em seguida o lema das variações táticas: “Isso não quer dizer que não vamos mais jogar com três volantes para marcar. Não dá para se apegar a um esquema, tem que ter variações”.

Sobre o lance do Jaconi, Edenilson revelou que é fruto do entrosamento dele com Nico López. “Converso muito com ele, já nos conhecemos há algum tempo. A gente combina de tentar isso, porque é uma ligação mais direta para o gol”, diz. Contra o Caxias, domingo, Nico será desfalque devido à expulsão diante do Juventude. “Sem sombra de dúvidas, é um jogador que faz a diferença para nós. Vai fazer falta”, comentou Edenilson.

Fonte/Reprodução: Correio do Povo

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.