Ataque do Inter funciona, dá a segunda vitória seguida e garante tranquilidade no Gauchão

Nico López e Pedro Lucas marcam em triunfo colorado contra o Juventude, no qual ainda tem boas atuações de Neilton e William Pottker; Colombiano Trelléz é único que fica baixo

Por Diego Guichard — Porto Alegre Ataque do Inter funciona, dá a segunda vitória seguida e garante tranquilidade no GauchãoFoto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter

Tratava-se de quase uma unanimidade no Beira-Rio. Para deslanchar na temporada, precisava ajustar o setor ofensivo. E o ataque foi justamente o destaque do time de Odair Hellmann na vitória por 2 a 1 contra o Juventude, no Alfredo Jaconi, no Beira-Rio. Nico López (enquanto esteve em campo), Neilton e Pedro Lucas, principalmente, além de William Pottker. Todos foram bem, com uma exceção: o colombiano Trelléz.

O próprio Odair reconheceu a evolução do time. Após o jogo, em entrevista coletiva, elogiou a produção ofensiva do time.

– Avaliação boa, fizemos um bom jogo. Historicamente, é difícil para qualquer adversário jogar aqui. Todos participaram bem. Competiram na hora que precisou. Na hora com posse, jogou. Criamos mais oportunidades do que os dois gols que fizemos. Partida soberana. Resultado justo – avalia.

Confira os melhores momentos entre Juventude 1 x 2 InterConfira os melhores momentos entre Juventude 1 x 2 Inter

Atuações: Neilton e Edenílson se destacam em vitóriaArtilheiro colorado nas duas últimas temporadas, somente Nico havia marcado entre os atacantes neste ano. E voltou com um golaço: graças a uma batida de primeira, num “sem pulo”, característico do gringo. O uruguaio só não foi o melhor do time porque se envolveu em confusão no fim primeiro tempo: acabou expulso, junto com o zagueiro Sallinas e o técnico Luiz Carlos Winck.

Sem D’Alessandro, poupado, Nico foi utilizado a frente dos dois volantes. Ali, teve liberdade para flutuar e trocar de posição com Trelléz. Ao mesmo tempo, não teve tanta responsabilidade na marcação – Pottker e Neilton eram quem fechavam a linha defensiva no meio-campo.

Formação inicial do Inter contra o Juventude — Foto: Arte / GloboEsporte.com Formação inicial do Inter contra o Juventude — Foto: Arte / GloboEsporte.com

Com o uruguaio expulso, o atacante Neilton pareceu perder a timidez na etapa complementar. Ganhou mais espaço e cresceu na partida. Teve dois bons chutes da entrada da área. E quando pareceu sentir dores, recebeu na esquerda e fez um “festival” na área do Juventude, até…

A primeira vez

… dar uma assistência para Pedro Lucas, um dos novos xodós da torcida. Substituto de Trelléz, na partida, o atacante de 20 anos já tinha mostrado fundamentos de centroavante. Faltava o gol. Fez o primeiro com a camisa do Inter neste domingo e cedeu à emoção.

Pedro Lucas fez o primeiro gol pelo Inter — Foto: Ricardo Duarte/Divulgação InterPedro Lucas fez o primeiro gol pelo Inter — Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter

– Emocionante, fiquei muito emocionado. Passa um filme na cabeça, ainda mais em um momento como esse que teve a tragédia no Flamengo. Momento complicado. Fico feliz que tenha sido aqui. Um gol importante para minha sequência – disse na saída de campo.

Ficou devendo

Se Pedro aproveitou a chance, o centroavante Tréllez desperdiçou a sua oportunidade. Com pouca mobilidade, desperdiçou chances no jogo aéreo e mostra dificuldade para encaixar no time do Inter. Vê a titularidade provisória sob risco – já que todos sabem que Guerrero será o dono da 9 a partir de abril.

O Inter passa a conviver então com a tranquilidade, sentimento ausente nas últimas rodadas, graças a melhor atuação do time no ano. Com a vitória, sobe para a quarta colocação, com 10 pontos, e consegue o segundo triunfo seguido. No próximo domingo, tenta emendar a boa sequência contra o Caxias, no Beira-Rio.

Fonte/Reprodução: GloboEsporte.Com

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.